Saturday, November 05, 2005

Apesar de Tudo

As pessoas são insensatas, inconstantes e egoístas.
Ama-as, apesar de tudo.

Se fizeres o bem serás acusado de agires por outros motivos.
Faz o bem, apesar de tudo.

Se tiveres êxito, ganharás falsos amigos e verdadeiros inimigos.
Tenta alcançá-lo, apesar de tudo.

Todo o bem que fizeres, amanhã será esquecido.
Faz o bem, apesar de tudo.

A honestidade e a franqueza tornam-te vulnerável.
Sê honesto e franco, apesar de tudo.

O que passaste anos a construir será destruído numa só noite.
Constrói o que tens a construir, apesar de tudo.

As pessoas precisam de ajuda mas atacar-te-ão se as ajudares.
Ajuda-as, apesar de tudo.

Dá o melhor de ti mesmo e serás atingido nos dentes.
Dá ao mundo o melhor de ti, apesar de tudo.



Pedro Paixão

3 comments:

Beebusy said...

Eu dou...eu dou tudo de mim...e não espero nada em troca...mas ás vezes também cansa...ás vezes também apetece receber um pouco...ás vezes também tenho dias NÃO...ás vezes também quero AMOR...
Quero cruzar o meu caminho com pessoas boas, pessoas que, apesar de tudo, nada temam...
Fiquem bem!!!

Lost in Space said...

é tão difícil enfrentar o mundo em prol do Bem... mas tão difícil. talvez por isso esse texto seja tão tocante. porque nele leio a coragem que posso ter e a fragilidade que de facto tenho...
tudo devia ser assim... não fosse o "tudo"...


*

Frassino said...

É precisamente na dialéctica entre o Bem e o Mal que se descobre o equilíbrio, isto é, a beleza da dignidade humana. Já os Romanos diziam "virtus in medium est". E um pensador, nosso contemporâneo, vai-nos avisando : "não queiras ir tão longe que não possas voltar ao princípio..." ! Pois é bem verdade que o regresso às origens faz parte do fenómeno humano. Ou, como diria outro pensador, "será sempre necessário dar um passo atrás para que se possam dar dois em frente..." !